21:20 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Cidade de Pyongyang

    Pyongyang tampa janelas de centenas de prédios em possível medida contra espionagem (FOTO)

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Ásia e Oceania
    URL curta
    394
    Nos siga no

    Prédios em um setor de Pyongyang conhecido como "cidade proibida" tiveram suas janelas tapadas no que poderia ser uma tentativa de evitar vazamento de informações, diz especialista.

    O fato tem chamado a atenção dos que visitam a capital norte-coreana, Pyongyang. Em fotos tiradas em setembro, centenas de prédios aparecem com suas janelas tapadas, o que não é habitual.

    "À primeira vista esses painéis parecem para-sois. Mas visto que eles não parecem móveis e só estão nos andares mais altos, parece que eles estão fechando a visão e não os raios solares", disse Calvin Chua, arquiteto da organização não governamental Choson Exchange que visita regularmente a cidade.

    Uma revelação chocante, fascinante e triste sobre o estado de paranoia em Pyongyang agora mesmo.

    Além de fechar a visão de espectadores fora dos prédios, os painéis diminuem consideravelmente a iluminação nestes edifícios, o que afetaria as condições de quem está dentro. Pyongyang é conhecida por inúmeros cortes no fornecimento de energia elétrica ao longo do dia.

    Medida contra espionagem

    De acordo com o especialista em Coreia do Norte Peter Ward, a medida poderia ser uma tentativa de evitar o vazamento de informações importantes do país.

    "Eu não sei ao certo a razão dos telhados das instituições estatais e do partido serem considerados classificados, mas parece que eles [norte-coreanos] não querem pessoas recolhendo informações sobre quem pode ser visto nas janelas desses prédios", disse Ward ao NK News.

    Peter Ward também ressaltou que a Coreia do Norte tenta esconder coisas simples do cotidiano, as tratando como secretas, desde que novas sanções foram impostas pela ONU ao país em 2016.

    Tentativas de assassinato

    Outra hipótese foi levantada por Christopher Green, do International Crisis Group.

    Segundo ele, autoridades do país já foram alvo de inúmeras tentativas de assassinato. Tapando as janelas o país poderia estar impedindo que figurões do governo fossem mortos.

    "Tentativas de assassinato a partir de janelas altas não podem ser descartadas", afirmou Green.

    Em 2012, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, teria sido alvo de uma tentativa de assassinato em uma rua de Pyongyang. Na ocasião, uma arma com um carregador cheio de munições foi encontrada debaixo de uma árvore de zimbro.

    Além dos painéis, fotografias de certas áreas da cidade se tornaram proibidas, assim como voos turísticos de helicóptero.

    Mais:

    Coreia do Norte constata fracasso das negociações nucleares com EUA
    UE considera lançamento de míssil balístico pela Coreia do Norte 'ato provocatório'
    EUA classificam negociações com Coreia do Norte em Estocolmo de produtivas
    Tags:
    tentativa de assassinato, janelas, segurança, espionagem, Coreia do Norte, Pyongyang
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar