07:08 16 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Policial com bandeiras da Coreia do Sul e do Japão em fundo

    Coreia do Sul realiza exercícios nas ilhas disputadas com Japão provocando protesto de Tóquio

    © REUTERS / Toru Hanai
    Ásia e Oceania
    URL curta
    770
    Nos siga no

    As Forças Armadas da Coreia do Sul realizam exercícios no mar Oriental, na região das Rochas Liancourt (chamadas de Dokdo na Coreia do Sul ou Takeshima no Japão), que é considerado um território disputado entre os dois países.

    Segundo informa a agência Yonhap News, se referindo a representantes da Marinha sul-coreana, dos exercícios, que vão durar dois dias, participam militares da Marinha, da Força Aérea e Tropas Terrestres, entretanto a agência não aponta a quantidade de pessoal envolvido.

    Marinha da Coreia do Sul durante os exercícios chamados de 'Treinos de defesa dos territórios no mar do Japão', 25 de agosto de 2019
    © AFP 2019 / Yonhap / STR
    Marinha da Coreia do Sul durante os exercícios chamados de 'Treinos de defesa dos territórios no mar do Japão', 25 de agosto de 2019

    "Tendo em conta a importância e a dimensão dos treinamentos, eles foram chamados de 'Treinos de defesa dos territórios no mar do Japão'. O objetivo dos treinamentos é consolidar as intenções do país em defender seus territórios no mar do Japão, inclusive as ilhas de Dokdo", disseram representantes da Marinha citados pela agência.

    Japão não consente

    Entretanto, o governo do Japão exprimiu seu protesto à Coreia do Sul devido à realização dos exercícios, informa a agência japonesa Kyodo News.

    O protesto foi enviado por canais diplomáticos. Tóquio insiste que as ilhas de Takeshima são territórios ancestrais do Japão.

    "A realização dos treinos é inaceitável. Isso é lamentável e nós apelamos decididamente ao cancelamento das manobras", cita a agência a posição do Tóquio.

    História da questão

    As ilhas de Dokdo estão situadas entre o Japão e a Coreia do Sul no mar do Japão. Depois da Segunda Guerra Mundial essas ilhas se tornaram sul-coreanas, o que o Japão considera como "ocupação ilegal", considerando as ilhas como parte do seu território, os incluindo na prefeitura de Shimane.

    Tóquio propõe a Seul discutir a questão no Tribunal Internacional de Justiça da ONU, enquanto a Coreia do Sul afirma que as ilhas são território sul-coreano do ponto de vista histórico, geográfico e jurídico.

    Mais:

    Japão admite que Coreia do Norte já produziu carga nuclear miniaturizada para ogiva de mísseis
    Pastor evangélico da Coreia do Sul entra na corrida presidencial da Bolívia
    Coreia do Norte lança projéteis não identificados sobre o mar do Japão
    Coreia do Norte comemora teste de novo lançador múltiplo de mísseis
    Tags:
    exercícios militares, Japão, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar