20:12 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeiras chinesas e norte-americanas

    Guerra comercial entre EUA e China pode estar chegando ao fim

    © AP Photo / Ng Han Guan, Pool
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    Estados Unidos e China planejam realizar uma nova rodada de negociações ainda este mês e esperam fechar um acordo no final de maio ou no início de junho, informou a imprensa dos EUA nesta quarta-feira.

    Os dois lados criaram um cronograma de reuniões que esperam concluir com uma cerimônia formal de assinatura em 27 de maio, informou o The Wall Street Journal, citando fontes familiarizadas com o assunto.

    O plano é que o representante de Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, viaje a Pequim na semana de 29 de abril, antes da visita do vice-primeiro-ministro da China, Liu He, a Washington em 6 de maio.

    As negociações visam refinar a redação de um acordo comercial final que seria assinado pelo presidente dos EUA, Donald Trump, e pelo presidente chinês, Xi Jinping.

    O jornal observou, no entanto, que as autoridades americanas e chinesas já haviam perdido os próprios prazos para a conclusão de um acordo.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, em 4 de abril, após se reunir com Liu He na Casa Branca, disse que esperava fechar um acordo comercial com a China dentro de quatro semanas.

    Pequim e Washington se envolveram em uma disputa comercial desde junho, quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que os EUA imporiam tarifas de 25 por cento sobre produtos chineses, no valor de US $ 50 bilhões, numa tentativa de reduzir o déficit comercial entre EUA e China. Desde então, os dois países adotaram uma série de tarifas protecionistas e conduzem uma verdadeira "guerra comercial" que, aparentemente, pode estar chegando ao fim.

    Mais:

    EUA podem manter sua supremacia naval perante a China?
    Por que EUA não querem participar do desfile naval multinacional da China?
    Análise: objetivo dos EUA é expulsar China do Brasil
    Casa Branca: EUA e China avançam em 'questões-chave' durante negociações comerciais
    China diz ter esperança em resolução breve para guerra comercial com os EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar