13:35 19 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Um soldado indiano olhando pelo binóculo a 200 km da Linha de Controle que separa Índia e Paquistão (foto de aqruivo)

    Paquistão vence 'guerra de 5ª geração', afirma general aposentado indiano

    © AFP 2019 / PRAKASH SINGH
    Ásia e Oceania
    URL curta
    5173

    Os comentários do general indiano aposentado vêm depois que o Ministério das Relações Exteriores do Paquistão reiterou que não há campos de terroristas nos locais mencionados por Nova Deli em um informe apresentado a Islamabad na sequência do ataque em Pulwama que matou mais de 40 agentes das forças de segurança indianas.

    De acordo com o PakistanToday, o ex-comandante do exército indiano Syed Ata Hasnain admitiu que Islamabad havia derrotado Nova Deli em uma guerra híbrida.

    "Eles [Índia] deveriam aprender com o Inter-Services Public Relations (ISPR) [departamento da mídia militar do Paquistão] como combater em uma "guerra de quinta geração", disse Hasnain, tenente-general aposentado, a um centro analítico britânico.

    Segundo ele, o ISPR havia provado que a mídia continua sendo uma ferramenta muito eficaz na guerra híbrida, incluindo o conflito de informações, no qual o Paquistão "mostrou grandes competências profissionais".

    Hasnain afirmou que é impossível ganhar uma guerra tradicional em um campo de batalha nos tempos modernos, e que "até os EUA" precisaram de 18 anos para se aperceberem disso.

    As suas observações vieram poucos dias depois de o Ministério das Relações Exteriores paquistanês ter declarado que investigou exaustivamente o informe da Índia relacionado com o ataque terrorista de 14 de fevereiro em Pulwama e não encontrou qualquer prova de campos de terroristas nos locais mencionados por Nova Deli, nem de qualquer pessoa mencionada no documento que possa estar ligada ao ataque.

    "Embora 54 indivíduos detidos estejam sendo investigados, nenhum detalhe que os ligue a Pulwama foi encontrado até agora. Da mesma forma, os 22 locais compartilhados pela Índia foram examinados. Não existem tais campos. O Paquistão está disposto a permitir visitas, a pedido, a esses locais", apontou o Ministério das Relações Exteriores do país.

    O ministério reiterou que informações e documentos adicionais da Índia seriam essenciais para continuar o processo de investigação e que o Paquistão continua tentando levar esse processo à sua conclusão lógica.

    Mais:

    Primeiro-ministro do Paquistão: 'Perigo de guerra com a Índia ainda não acabou'
    Paquistão posiciona mísseis chineses perto da fronteira com Índia, diz mídia
    Índia afirma ter deslocado submarinos nucleares devido a tensões com Paquistão
    Tags:
    confrontação, informação, guerra híbrida, Paquistão, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar