00:30 20 Maio 2019
Ouvir Rádio
    O presidente dos EUA Donald Trump fala com o líder norte-coreano Kim Jong-un depois de os dois líderes apertarem as mãos durante sua segunda reunião, em Hanói

    China manda recado para EUA e Coreia do Norte após fracasso da cúpula: 'tenham paciência'

    © REUTERS / Leah Millis
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1090

    O ministro de Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse nesta quinta-feira que espera que os Estados Unidos e a Coreia do Norte demonstrem paciência, façam concessões mútuas e continuem o diálogo.

    "Esperamos que as partes tenham paciência, continuem seu diálogo, façam concessões mútuas e continuem aplicando esforços para atingir as metas estabelecidas", declarou Wang em um comunicado publicado no site do Ministério de Relações Exteriores da China.

    O ministro afirmou que as negociações entre Washington e Pyongyang entraram numa fase em que é impossível evitar complicações.

    "Mas através do diálogo foi possível marcar o principal curso da solução política do problema da península coreana, que envolve a completa desnuclearização e a criação de um mecanismo de paz na península", acrescentou Wang.

    Segundo o chanceler chinês, o "importante consenso alcançado pelos líderes da Coreia do Norte e dos Estados Unidos em Singapura no ano passado responde às esperanças da comunidade internacional".

    Nos dias 27 e 28 de fevereiro, foi realizada a segunda reunião do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e do líder norte-coreano, Kim Jong-un, em Hanói, capital do Vietnã.

    A cúpula terminou antes do previsto e sem acordo, embora as partes tenham concordado em realizar mais reuniões no futuro.

    A primeira cúpula histórica dos dois líderes aconteceu em 12 de junho de 2018 em Singapura. Na oportunidade, Kim e Trump se comprometeram a trabalhar para a desnuclearização da península coreana e a normalização das relações bilaterais.

    Mais:

    Pompeo: Trump decidiu não assinar comunicado conjunto com Kim Jong-un
    Trump e Kim não atingem acordo na cúpula em Hanói
    Mídia: Trump deixa de exigir que Coreia do Norte abandone totalmente programa nuclear
    Tags:
    acordo, cúpula, armas nucleares, desnuclearização, relações bilaterais, Wang Yi, Kim Jong-un, Donald Trump, Singapura, Vietnã, China, Coreia do Norte, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar