21:31 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Policiais da China

    Homem rouba ônibus e atropela multidão na China, causando 5 mortos e 21 feridos

    © REUTERS / Petar Kujundzic
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 03
    Nos siga no

    Hoje, terça-feira (25), um homem armado com uma faca roubou um ônibus na província oriental chinesa de Fujian e atropelou a multidão, causando cinco mortos e 21 feridos, comunicou a polícia da cidade de Longyan, onde o incidente teve lugar.

    O incidente ocorreu às 15h20 (05h20 em Brasília). ​O criminoso foi detido no local do incidente. O caso começou a ser investigado.

    Segundo os dados preliminares, entre os mortos está um funcionário das forças de segurança.

    ​Os socorristas estão prestando a assistência médica aos feridos. Ainda não há dados exatos sobre o número de pessoas hospitalizadas e seu estado.

    A polícia de Longyan apela aos moradores da cidade para não publicarem fotos e vídeos do local do incidente nas redes sociais para não criarem pânico, mas esperarem pacientemente as declarações oficiais e se absterem da divulgação de rumores. As forças de segurança pedem também que os cidadãos revelem compaixão pelas famílias dos mortos e feridos, não os prejudicando com informação duvidosa ou vídeos do local.

    ​Nos vídeos divulgados nas redes sociais se pode ver as pessoas deitadas na calçada e na estrada, o ônibus com o para-brisa e toda a parte frontal quebradas, manchas de sangue no salão, bicicletas e ciclomotores ao redor.

    O ocorrido provocou vários acidentes de trânsito, há vários carros quebrados ao lado. Um outro vídeo mostra o momento da detenção, efetuada por policiais e pessoas em traje civil.

    Mais:

    Desconhecido atropela crianças na China; há mortos e feridos
    Atirador responsável pelo ataque terrorista de Estrasburgo é morto pela polícia francesa
    Avião atropela homem no aeroporto Sheremetyevo
    Ataque na Catedral: atirador se sentia perseguido, diz delegado
    Tags:
    polícia, feridos, mortos, ônibus, atropelamento, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar