12:36 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Mar do Sul da China (imagem referencial)

    China acusa navios norte-americanos de provocação no mar do Sul da China

    © AFP 2018 / STR
    Ásia e Oceania
    URL curta
    12203

    Os navios da Marinha dos EUA entraram ilegalmente nas águas perto das disputadas ilhas Paracel, no mar do Sul da China, que Pequim considera como sendo suas, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Geng Shuang, em coletiva de imprensa.

    Por sua vez, Pequim pediu a Washington para interromper esse tipo de ação, classificada como provocação por Shuang.

    Previamente a Frota do Pacífico dos EUA informou que dois navios da Marinha dos EUA, na quarta-feira (28), passaram pelo estreito de Taiwan no âmbito de uma demonstração de liberdade de navegação.

    O porta-voz também informou que, no dia 26 de novembro, navios americanos invadiram ilegalmente as águas territoriais da China próximas às ilhas Paracel.

    "O lado chinês insta ao lado americano a parar imediatamente tais ações provocativas que violam a soberania da China e colocam em risco sua segurança", disse o diplomata chinês.

    Shuang acrescentou que o lado chinês também apresentou uma nota decisiva para o lado americano. O diplomata chinês declarou que as ações dos navios americanos violaram as normas do direito internacional, minaram a soberania da China, bem como a paz e a estabilidade na região.

    Mais:

    Estatal russa de petróleo busca crescimento na China
    Ei, EUA: China alerta que guerra comercial pode causar 'Grande Depressão e guerra mundial'
    China cresce e ameaça domínio dos EUA na América Latina, segundo mídia
    Tags:
    provocação, EUA, frota, Geng Shuang, Mar do Sul da China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik