15:46 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Fiocruz faz alerta sobre epidemia no verão de  chikungunya,  dengue e zika

    Zika ataca mais uma vez, agora na Índia

    Venilton Kuchler/ANPr
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 31

    O número de casos confirmados de vírus Zika na capital do estado de Rajasthan, noroeste da Índia, atingiu a cifra de 131, informou a mídia local nesta terça-feira, citando um alto funcionário do ministério da Saúde do país.

    A emissora NDTV informou que 41 das 131 pessoas afetadas eram mulheres grávidas. Cerca de 117 pacientes já se recuperaram, acrescentou o NDTV.

    O surto do vírus Zika está localizado, com a maioria dos casos registrados na área de Shastri Nagar, em Jaipur. Nenhum caso de vírus Zika foi relatado em qualquer outro estado indiano.

    O vírus Zika transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, originário do Brasil, é normalmente inofensivo, mas os bebês nascidos de mulheres que contraem a doença durante a gravidez frequentemente sofrem de defeitos neurológicos. Em particular, a doença pode causar graves defeitos cerebrais em fetos, incluindo a microcefalia.

    No entanto, estudos subsequentes mostraram defeitos congênitos ocorridos em apenas 10% das gestações infectadas pelo zika. Os sintomas do vírus Zika são semelhantes aos registrados em outras infecções virais e incluem erupções cutâneas, febre, dor de cabeça, dores musculares e articulares. No ano passado, os casos de infestação foram registrados em 60 países.

    Mais:

    Estudo: Zika chegou ao Brasil proveniente do Haiti
    Zika no combate a tumores cerebrais: cientistas brasileiros testam fármacos promissores
    Zika: Período frio e controle do Aedes Aegypti geram 'menor taxa de infecção'
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik