14:07 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente e CEO da ExxonMobil, Darren Woods (à esquerda) durante conversa com o Premiê chinês, Li Keqiang, em Pequim.

    Pequim aprova proposta da ExxonMobil para construção de petroquímica na China

    © REUTERS / Mark Schiefelbein
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2131

    Pequim acenou positivamente à proposta de construção de uma fábrica de produtos químicos pela corporação norte-americana de petróleo e gás, ExxonMobil, na região sudeste da China.

    A declaração positiva partiu do Premiê do Conselho do Estado chinês, Li Keqiang, que afirmou nesta sexta-feira (7) que a fábrica ajudará a China a suprir a crescente demanda nacional por produtos químicos.

    "A China saúda a construção de uma grande fábrica da ExxonMobil em seu território […]. Nós esperamos que as empresas estrangeiras, incluindo a ExxonMobil, venham a conseguir vantagens através da oportunidade de desenvolver cooperação com a China, baseadas nas leis de mercado e princípios básicos de comércio", disse Li durante um encontro com o CEO da ExxonMobil, Darren Woods.

    A empresa afirmou na quarta-feira (5) que assinará um acordo de cooperação com o governo da Província Popular de Guangdong para avançar nas discussões em torno da proposta de construção da fábrica no Parque Industrial Petroquímico de Huizhou Dayawan.

    De acordo com a empresa, o projeto multibilionário ainda está em análise para tornar-se uma decisão final de investimento, ao que a decisão da empresa de seguir em frente ainda depende de fatores como as permissões e avaliação de competitividade. O lançamento do projeto, porém, está planejado para 2023.

    Mais:

    Trump ameaça impor tarifas contra todas as importações vindas da China
    Análise: o que significa o último incidente com navios britânicos perto da China?
    'Estamos em guerra com a China': americanos estão sendo expulsos da África
    China efetua com êxito testes aquáticos de avião anfíbio gigante (FOTOS)
    Tags:
    indústria petroquímica, gás, petróleo, Parque Industrial Petroquímico de Huizhou Dayawan, ExxonMobil, Li Keqiang, Darren Woods, Huizhou Dayawan, Guangdong, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik