22:15 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Caça norte-americano F-16 na base aérea de Osan, Coreia do Sul (foto de arquivo)

    Seul e Washington 'limitam acesso' às manobras para 'não preocupar' Pyongyang

    © AP Photo / Ahn Young-joon
    Ásia e Oceania
    URL curta
    221

    A Coreia do Sul e os EUA continuarão as manobras conjuntas na escala prevista, porém, vão liminar ao máximo o acesso às informações sobre estas atividades, para não irritar a Coreia do Norte, que segue rumo à desnuclearização.

    Foi isso que comunicou nesta segunda-feira (4) o porta-voz do Ministério da Defesa sul-coreano, Lee Jin-woo, citado pela agência Yonhap.

    De acordo com o porta-voz, os treinamentos serão levados a cabo conforme o plano anual original. Lee Jin-woo acrescentou que "o acesso ao conteúdo [das manobras] e às informações abertas sobre elas serão limitados ao máximo".

    Quando questionado se as manobras Ulchi Freedom Guardian, que causam preocupação de Pyongyang, podem ser canceladas neste ano, o porta-voz afirmou que este assunto "não está sendo considerado nem debatido".

    Enquanto isso, a Coreia do Norte substituiu as três principais autoridades militares – o ministro das Forças Armadas Populares, o chefe do Estado-Maior e o diretor do Departamento Político Geral do Exército Popular da Coreia — em meio aos preparativos para um encontro entre o líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente dos EUA, Donald Trump.

    As mudanças teriam sido feitas em meados de maio, e há indícios de que sejam movimentos políticos para adaptar o comando militar à abertura diplomática que vem sendo promovida no país.

    No mês passado, Pyongyang cancelou o encontro ministerial entre as Coreias devido às manobras conjuntas entre Seul e Washington Max Thunder, realizadas no território da Coreia do Sul. Pyongyang acusou Seul de violar os compromissos alcançados entre os líderes das Coreias para diminuir as tensões em torno da península coreana.

    Mais:

    Trump diz que EUA e Coreia do Norte podem realizar várias cúpulas pela desnuclearização
    Mídia relata sobre 'exigências' da Coreia do Norte aos EUA
    Chanceleres da Rússia e da Coreia do Norte se encontram em Pyongyang
    Tags:
    manobras, EUA, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik