22:59 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Sistema de mísseis Patriot

    Coreia do Sul afirma continuaidade da 'postura bilateral de defesa' com EUA

    © AFP 2018 / KIM JAE-HWAN
    Ásia e Oceania
    URL curta
    313

    O conselheiro de segurança nacional dos EUA, John Bolton, e seu homólogo sul-coreano, Chung Eui-yong, reafirmaram nesta sexta-feira que não existem planos para mudar a "postura bilateral de defesa" dos dois países na Coreia do Sul.

    As duas autoridades, que se encontraram em Washington, também discutiram o aguardado encontro entre Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong-un e começaram os preparativos para a visita do presidente sul-coreano Moon Jae-in à Casa Branca em 22 de maio.

    "Os dois embaixadores reafirmaram que não há planos na República da Coreia para mudar a situação de defesa bilateral entre os EUA e a Coreia do Sul", informou a Casa Branca em comunicado.

    Durante a semana, presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, descartou categoricamente a possibilidades de retirada das tropas norte-americanas, instaladas no país, caso o tratado de paz com Coreia do Norte seja celebrado. 

    Os presidentes das Coreias se reuniram no dia 27 de abril. A cúpula foi organizada no território da Coreia do Sul, no povoado fronteiriço de Panmunjom, que faz parte da zona desmilitarizada.

    Mais:

    COI se dispõe a ajudar na promoção das conversações de paz entre Coreia do Sul e do Norte
    Trump insinua que 3 norte-americanos presos na Coreia do Norte serão libertados
    Trump: abandonar acordo com Irã enviaria 'mensagem correta' para Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik