00:32 28 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Fronteira da China com a Coreia do Norte

    Chefe da diplomacia chinesa aceita convite e visitará a Coreia do Norte

    © AP Photo / Ng Han Guan, File
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 40

    O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, viajará para a Coréia do Norte no começo do mês que vem, informou o Ministério de Relações Exteriores da China em comunicado na segunda-feira.

    "A convite do seu homólogo norte-coreano, Ri Yong Ho, o ministro das Relações Exteriores da China visitará a Coréia do Norte em 2 e 3 de maio", diz o comunicado, que não forneceu mais detalhes sobre o assunto.

    A declaração vem depois de uma reunião histórica entre as Coreias, que ocorreu na sexta-feira (27) no simbpolico vilarejo da trégua, em Panmunjom.

    Durante o encontro, os líderes das Coreias, Kim Jong-un, do Norte, e Moon Jae-in, do Sul, assinaram uma declaração em que concordam em tomar medidas de apoio aos esforços internacionais de desnuclearização da península coreana. 

    Os dois países também firmaram compromisso em dar prosseguimento a programas de reinserção de famílias coreanas separadas.

    A China tem papel fundamental na península coreana, sendo uma das maiores parceiras políticas e comerciais da Coreia da Norte. Recentemente, Kim Jong-un esteve em Pequim para um encontro não anunciado com a liderança chinesa, Xi Jinping.

    Mais:

    Índia não deve ceder às provocações americanas em relação à China, diz analista
    China critica 'entusiasmo inédito' americano em intervir em assuntos de outros países
    Analista: EUA tentarão frustrar aproximação econômica entre China e América do Sul
    China e Índia preferem resolver diferenças com 'maturidade e sabedoria'
    Senadores dos EUA exigem saber do governo se a China assedia dissidentes no exterior
    Tags:
    diplomacia, península coreana, Moon Jae-in, Kim Jong-un, Xi Jinping, China, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik