13:04 26 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Caça furtivo J-20 voa durante a Exposição Internacional de Aviação e Aeroespacial da China (foto de arquivo)

    Avião de guerra chinês viola espaço aéreo sul-coreano e cria tensão com Seul

    © AP Photo / Li Gang/Xinhua
    Ásia e Oceania
    URL curta
    469

    O Ministério da Defesa sul-coreano convocou o adido militar chinês neste sábado (28) para expressar uma firme reclamação contra a violação por um avião de guerra chinês da zona de identificação da defesa aérea sul-coreana (KADIZ, na sigla em inglês), conforme disseram autoridades em Seul à mídia local.

    De acordo com a agência de notícias Yonhap, o Ministério da Defesa pediu para que os chineses tomem precauções para previnir que esse tipo de incidentes se repita no futuro.

    Ainda no começo do sábado (28), o Estado-Maior de Seul afirmou que a aeronave chinesa, supostamente um avião de reconhecimento, havia entrado no espaço do KADIZ a noroeste da ilha de Leo, tendo lá permanecido por cerca de quatro horas.

    Vários jatos sul-coreanos foram enviados para monitorar a situação. Os pilotos sul-coreanos enviaram sinais para a aeronave chinesa com um apelo para evitar o aumento das tensões que poderiam levar a confrontos acidentais.

    Mais:

    Analista: EUA tentarão frustrar aproximação econômica entre China e América do Sul
    Senadores dos EUA exigem saber do governo se a China assedia dissidentes no exterior
    China é contra ações na Síria sem autorização do Conselho de Segurança da ONU
    Bombardeiros dos EUA sobrevoam proximidades do mar do sul da China
    Senado dos EUA aprova resolução exigindo que China respeite direitos humanos no Tibete
    Tags:
    tensão militar, Yonhap, Seul, Coreia do Sul, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik