05:47 08 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    13112
    Nos siga no

    O Senado dos Estados Unidos aprovou por esmagadora maioria uma resolução instando a China a respeitar os direitos humanos e os direitos religiosos no Tibete, disse o senador Patrick Leahy em um comunicado à imprensa.

    "O Senado dos EUA aprovou por unanimidade uma resolução pedindo à China que respeite os direitos humanos e a liberdade religiosa no Tibete", disse o comunicado nesta quinta-feira.

    A resolução foi iniciada por um grupo bipartidário de senadores, incluindo Dianne Feinstein, Ted Cruz e Marco Rubio, e liderados por Leahy.

    A resolução homenageia o 59º aniversário do Dia dos Direitos Tibetanos e mostra o apoio ao povo tibetano e à comunidade de fé budista tibetana, explicou o comunicado.

    Os senadores enfatizaram que os budistas tibetanos em todo o mundo deveriam ter o direito de escolher sua liderança.

    Mais:

    China sentirá menos os efeitos de possível guerra comercial com os EUA: 'É gerenciável'
    Almirante dos EUA: 'Só a guerra pode impedir que Pequim controle mar do Sul da China'
    China busca apoio da Europa para barrar a agressão comercial dos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar