09:30 22 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    U.S. Dollar and China Yuan notes are seen in this picture illustration June 2, 2017

    China sentirá menos os efeitos de possível guerra comercial com os EUA: 'É gerenciável'

    © REUTERS / Thomas White/Illustration/File Photo
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1110

    Relatório divulgado pela Administração Estatal de Câmbio (SAFE, na sigla em inglês) afirma que economia chinesa conseguiria controlar os efeitos da guerra comercial com os Estados Unidos na sua moeda, o yuan.

    "A oferta e demanda de moeda estrangeira na China ficaram basicamente estáveis no primeiro trimestre e acreditamos que esta seja a tendência para o restante do ano. Mesmo com a disputa comercial com os EUA, os fluxos de capital transfronteiriços pode ser gerenciáveis", informou o órgão, citado pela Down Jones.

    Alvo de uma série de tarifas alfandegárias impostas pelo governo Trump, Pequim já deu sinais de que pode responder à altura. Em comunicado divulgado ontem (18), o porta-voz da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, Zeng Peiyan informou que o país prepara um "plano de resposta a emergências em vários níveis e mecanismos políticos para retaliar os desafios comerciais iniciados pelos Estados Unidos".

    Além disso, agências de notícia têm reportado desde o início de abril que o governo estuda depreciar o yuan como alternativa para desequilibrar a balança comercial contra os EUA a seu favor.

    Tags:
    yuan, Down Jones, Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China, Donald Trump, Zeng Peiyan, Pequim, China, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik