11:41 20 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Extração de petróleo

    Nova Zelândia pode tomar medida que virtualmente acabará com exploração de petróleo e gás

    CC0 / Pixabay
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 30

    A Nova Zelândia avalia a possibilidade de proibir novas concessões de petróleo e gás no país. Medida poderia significar o virtual fim desse tipo de negócio a longo prazo.

    A medida é apoiada pela primeira-ministra de centro-esquerda, Jacinda Ardern que fez campanha defendendo a produção de energia sustentável. Anteriormente, a política, que é a mais jovem líder do país em 150 anos, já tinha proposto o reconhecimento de refúgio para cidadãos de países afetados pelo aquecimento global.

    A proibição valeria apenas para novas concessões e as 21 licenças e autorizações já concedidas no país não seriam canceladas. O país ainda precisa importar dois terços do petróleo que gasta.

    Ardern afirmou, citada pela Down Jones, que o fim dos combustíveis fósseis é uma tendência mundial e que uma decisão será tomada nos próximos meses levando em consideração os US$1,8 bi que o setor adiciona à economia local anualmente.

    O setor de petróleo e gás contribui com mais de 2,5 bilhões de dólares neozelandeses anualmente para a economia local. As exportações do setor geram 1,5 bilhão de dólares neozelandeses para o país por ano. 

    Tags:
    combustíveis fósseis, gás, petróleo, Down Jones, Jacinda Ardern, Nova Zelândia, Bacia Taranaki
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik