13:52 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Ministro da Unificação da Coreia do Sul, Cho Myung-gyun (à esquerda), e líder da delegação norte-coreana Ri Son-gwon apertando as mãos durante negociações bilaterais na zona desmilitarizada, 9 de janeiro de 2017

    Coreia do Sul espera que Olimpíadas de Inverno tragam paz à península coreana

    © AFP 2019 / Dong-A Ilbo
    Ásia e Oceania
    URL curta
    550
    Nos siga no

    A Coreia do Sul espera que o fato de os atletas norte-coreanos participarem das Olimpíadas de Inverno de 2018 seja um sinal de paz chegando à península coreana, disse o embaixador da Coreia do Sul na Rússia, Woo Yoon-keun, nesta sexta-feira (26).

    No início de janeiro, as duas coreias concordaram que suas equipes nacionais marcharão juntas sob uma bandeira da "Coreia unificada" na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Inverno de 2018 e formarão uma equipe conjunta de hóquei no gelo feminino. Atletas norte-coreanos também competirão em patinação artística, trilha curta e esqui.

    "Um dos slogans dessas Olimpíadas é 'jogos olímpicos pacíficos'. Como alguns atletas norte-coreanos participarão [dos jogos], esperamos que as Olimpíadas tragam a paz para a península coreana ", disse Woo.

    Ele ressaltou que Seul estava apoiando a participação norte-coreana nos jogos.

    "Espero que o esporte se torne um passo a mais para a paz na península", disse o embaixador.

    Woo também expressou apoio a todos os atletas russos que participarão dos jogos.

    "Como país anfitrião, apoiamos totalmente os 169 atletas russos que participarão das Olimpíadas", afirmou o embaixador.

    Ele também observou que os fãs coreanos formariam várias equipes de apoio para os atletas russos, pois estes "são muito famosos e populares na Coreia do Sul", disse Woo.

    Em 5 de dezembro, o Conselho Executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI) suspendeu o Comitê Olímpico Russo por um escândalo de doping e retirou as medalhas conquistadas pelos atletas considerados culpados de uso de doping nos Jogos Olímpicos de Sochi, em 2014. O COI permitiu que os atletas "limpos" participassem dos próximos Jogos de Inverno sob uma bandeira neutra.

    Mais:

    Rússia diz que não precisa respeitar as sanções dos EUA contra Coreia do Norte
    Trump pode destruir 'toda a civilização' em disputa com Coreia do Norte, diz Soros
    Incêndio em hospital da Coreia do Sul deixa 31 mortos
    Coreia do Sul não tem dúvida: a melhor hora de pôr Trump e Kim na mesma mesa é agora
    Tags:
    Olimpíadas de Inverno 2018, Olimpíadas de Inverno, Comité Olímpico Internacional (COI), Woo Yoon-keun, Península da Coreia, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar