05:38 11 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Inaguração do Museu da Vitória na Guerra Pátria em Pyongyang, julho de 2013

    Por insulto a Kim Jong-un, jornal norte-coreano condena 'cachorro raivoso Trump' à morte

    © Sputnik/ Ilia Pitalev
    Ásia e Oceania
    URL curta
    635

    A mídia norte-coreana voltou a criticar duramente o presidente norte-americano chamando-o de "cachorro raivoso" e prometeu que ele nunca vai encontrar um lugar onde possa viver.

    O artigo foi publicado pelo jornal estatal da Coreia do Norte Rodong Sinmun. Tal material colérico surgiu após uma frase de Donald Trump, durante sua visita à Coreia do Sul, em que ele declarou que chegou "para enviar uma mensagem a certa pessoa", difamando assim a dignidade do líder da Coreia do Norte.

    "É uma dura realidade que os EUA, velhos e doentes, estão se movendo para o inferno. O imbecil ganancioso se atreveu a apontar para o sol. Isso o tornou um criminoso que é condenado à morte pelo exército e pelo povo da Coreia do Norte", destaca o artigo.

    Acrescenta-se ainda que quem coloque em dúvida a dignidade do líder supremo da Coreia do Norte e seu sistema social nunca poderá encontrar um lugar onde possa viver.

    "O cachorro raivoso Trump certamente que pagará caro pelo seu crime horroroso", afirmam os autores do artigo.

    Tais publicações são comuns na mídia norte-coreana e surgem com bastante frequência, bem como a troca de declarações bem fortes entre os líderes dos EUA e Coreia do Norte. Assim, Trump chamou Kim Jong-un de "homem-foguete" e em resposta foi chamado de "velho senil".

    Mais:

    Tudo que você deve saber sobre principal arma de Pyongyang – suas forças especiais
    Washington encontra 'inovação radical' para enfrentar mísseis de Pyongyang
    Novo plano de Pyongyang: no que Kim Jong-un está envolvido agora?
    Tags:
    insulto, Kim Jong-un, Donald Trump, EUA, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik