00:58 20 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Viagem de Trump pela Ásia (24)
    721
    Nos siga no

    Na véspera da viagem asiática do presidente dos EUA à Coreia do Sul, Donald Trump, o vizinho do norte volta a qualificá-lo como "velho lunático", cujas ações poderiam iniciar uma guerra nuclear.

    "Ninguém pode predizer quando o velho lunático da Casa Branca, que está fora de si, começará uma guerra nuclear contra Coreia do Norte", indica a agência estatal norte-coreana.

    Ao mesmo tempo, a KCNA, citada pelo canal Fox News, revela a posição formal do governo norte-coreano: "EUA não devem esperar que mudemos algo."

    Além disso, destaca-se que o "líder excepcional" determinará o destino da Coreia do Norte: sem a liderança de Kim Jong-un, o país "seria vítima da invasão de bárbaros imperialistas estadunidenses".

    Donald Trump, por sua vez, intensificou, desde o domingo (5) — quando iniciou sua viagem de 12 dias pela Ásia, seu discurso contra Pyongyang.

    "A era da paciência estratégica chegou ao fim", declarou Donald Trump na sexta-feira (4) em Tóquio, acrescentando que EUA não vão "tolerar" realização de testes nucleares, lançamentos de mísseis que sobrevoam Japão e outras ameaças à segurança de civis provenientes de Pyongyang.

    Tema:
    Viagem de Trump pela Ásia (24)

    Mais:

    Quantas vidas vai custar uma invasão terrestre norte-americana da Coreia do Norte?
    Japão amplia sanções contra a Coreia do Norte
    Senador russo: guerra contra Coreia do Norte é 'caminho muito perigoso' para Washington
    Vai topar, Kim? Trump diz estar 'aberto' a se encontrar com o líder da Coreia do Norte
    Conter o 'malandro': Coreia do Norte indica como pretende pressionar EUA
    Tags:
    visita oficial, viagem, guerra nuclear, testes de mísseis, testes nucleares, presidente, KCNA, Casa Branca, Kim Jong-un, Donald Trump, Ásia, EUA, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar