02:04 24 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Parada militar em Pyongyang (foto de arquivo)

    Chanceler russo diz por que EUA não atacarão Coreia do Norte

    © REUTERS/ KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    3427831391

    De acordo com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, os EUA não irão atacar a Coreia no Norte por não terem dúvidas que Pyongyang possui realmente armas nucleares.

    Isso foi referido pelo chanceler russo durante uma transmissão do canal russo NTV.

    Segundo Lavrov, "os norte-americanos atacaram o Iraque exclusivamente por possuírem informações 100% confiáveis que o país já não tinha quaisquer armas de destruição em massa".

    Assim, para o ministro russo, "os EUA não irão atacar a Coreia do Norte porque o país não apenas suspeita, mas tem certeza que os norte-coreanos têm bombas nucleares", e "quase todo mundo concorda" com esta análise.

    Ele acrescenta também que, caso esta análise não seja compreendida pelos EUA, existe um risco que tudo fracasse e então "dezenas de milhares, ou mesmo centenas, de pessoas inocentes vão sofrer", cidadãos da Coreia do Sul, Coreia do Norte, Japão, e até da Rússia e da China podem ser afetados.

    Falando sobre os caminhos possíveis para a resolução da crise coreana, o ministro frisou que é preciso agir "apenas com carinho, convencimento e persuasão".

    Anteriormente, o ministro de Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Yong-ho, em seu discurso no quadro da Assembleia Geral da ONU, ameaçou os EUA com um ataque nuclear em resposta aos insultos ao líder norte-coreano, Kim Jong-un. Ele também chamou Trump de "pessoa mentalmente perturbada sofrendo de megalomania". Por sua vez, Trump afirmou que "se ele ecoa os pensamentos do pequeno homem-foguete [apelido dado por Trump a Kim Jong-un], eles não existirão aqui por muito mais tempo".

    Mais:

    Alarme falso: terremoto na Coreia do Norte não foi causado por explosão, diz Seul
    Demonstração de força: Bombardeiros dos EUA sobrevoam costa da Coreia do Norte
    Para cumprir sanções da ONU, China anuncia limites no comércio com Coreia do Norte
    Tags:
    arma nuclear, ataque, Sergei Lavrov, Coreia do Norte, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik