16:58 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Bombardeiro norte-americano B-52 Stratofortress (abaixo) com caças sul-coreanos F-15K e caças norte-americanos F-16 (acima) sobrevoando a Coreia do Sul (foto de arquivo)

    Seul treina bombardeamento de instalações-chave de Pyongyang com mísseis alemães

    © AFP 2017/ YONHAP
    Ásia e Oceania
    URL curta
    5104754

    A Coreia do Sul realizou exercícios militares envolvendo mísseis alemães Taurus KEPD 350 e caças norte-americanos F-15K Slam Eagle para praticar bombardeamentos precisos de instalações-chave da Coreia do Norte.

    Seul efetuou com sucesso seus primeiros exercícios de tiro real com uso do míssil de cruzeiro alemão, que foi lançado do caça Taurus KEPD 350, informou a mídia local na quarta-feira (13).

    As manobras tiveram lugar na de Chungcheongnam-do, no centro-oeste do país, na terça-feira (12) com a participação de caças F-15K Slam Eagle, comunicou a agência Yonhap, citando a Força Aérea sul-coreana.

    Os exercícios tiveram por objetivo praticar bombardeamentos precisos de instalações-chave da Coreia do Norte, bem como testar a integração de mísseis alemães com caças sul-coreanos, segundo a mídia.

    Seul planeja acelerar a instalação de mísseis Taurus para reforçar seu poder militar aéreo devido aos constantes testes nucleares e de mísseis de Pyongyang, afirma Yonhap, citando a agência de aquisições militares do governo sul-coreano.

    O Taurus KEPD 350 é um míssil ar-terra de longo alcance e de alta precisão produzido pela Taurus Systems empreendimento conjunto sueco-alemão. Estes mísseis são usados pela Alemanha, Espanha assim como pela Coreia do Sul.

    Seul recebeu seus primeiros mísseis deste tipo em outubro de 2016 e, no momento atual, está instalando em seu território 170 mísseis citados acima. Segundo informações da mídia, o país quer comprar da Alemanha mais 90 mísseis Taurus.

    Mais:

    Coreia do Sul detecta gás radioativo após testes nucleares da Coreia do Norte
    Coreia do Sul espera que novas sanções tenham efeito sobre Pyongyang
    Tags:
    bombardeamento, instalações militares, exercícios militares, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Alemanha, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik