11:08 22 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Forças de Autodefesa do Japão (arquivo)

    Japão diz que vai derrubar mísseis norte-coreanos disparados contra Guam

    © AP Photo/ Eugene Hoshiko
    Ásia e Oceania
    URL curta
    423480136

    O ministro da Defesa do Japão, Itsunori Onodera, disse nesta quinta-feira, 10, que o seu país pode derrubar os mísseis balísticos que a Coreia do Norte prometeu disparar contra a ilha americana de Guam, no Pacífico, se esses projéteis sobrevoarem o seu território.

    "O Japão está constantemente mantendo prontidão para qualquer eventualidade", afirmou Onodera, citado pela agência de notícias Kyodo, acrescentando que Tóquio irá invocar o direito de autodefesa coletiva para garantir a segurança do território japonês. 

    Aumentando ainda mais as tensões com os Estados Unidos, o regime da Coreia do Norte anunciou nesta semana um plano para atacar a ilha de Guam, na Micronésia, onde os Estados Unidos mantêm bases estratégicas de sua Marinha e Força Aérea. Em resposta, a Coreia do Sul, que, assim como o Japão, teme as consequências de um conflito na região, endureceu o discurso e ameaçou retaliar Pyongyang se o governo de Kim Jong-un insistir na ideia de atacar territórios dos EUA.

    Mais:

    Força Aérea americana diz estar pronta para atacar Coreia do Norte 'nesta noite'
    Coreia do Norte promete ataque contra território dos EUA no Pacífico este mês
    Opinião: China se prepara para diferentes cenários da crise na península da Coreia
    'Fogo e fúria': o que pode desencadear uma guerra nuclear na península da Coreia?
    Tags:
    Kim Jong-un, Itsunori Onodera, Micronésia, Pyongyang, Tóquio, Pacífico, Guam, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Japão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik