00:38 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Um dispositivo laser

    Combate a voos ilegais: China aperfeiçoa arma a laser contra drones

    © Sputnik/ Yuri Streletc
    Ásia e Oceania
    URL curta
    491

    Cientistas da Academia de Engenharia Física da China (China Academy of Engineering Physics, CAEP na sigla em inglês) afirmaram recentemente ter aperfeiçoado armas a laser capazes de abater drones voando a baixas altitudes.

    De acordo com um engenheiro da academia, os experimentos e testes foram bem-sucedidos, tendo o sistema de laser abatido mais de 30 pequenos veículos aéreos.

    A arma desativa drones emitindo feixes de raios laser que queimam a superfície dos alvos e peças funcionais. Deste modo, o sistema de controle remoto e de navegação do drone fica inutilizado. O sistema pode destruir alvos em cinco segundos sem causar danos colaterais. Apenas um sistema de defesa pode cobrir um território de 12 quilômetros quadrados.

    Em abril, 19 drones voando ilegalmente sobre vários aeroportos chineses provocaram o cancelamento de muitos voos. Embora a China tenha exigido que drones civis com mais de 250 gramas de peso fossem registrados desde o 1º de junho, os especialistas avisam, no entanto, que estes voos perigosos ocasionais não podem ser previstos.

    O sistema de laser se tornou um jeito popular de lidar com estes incidentes. Para facilitar a transportação, o sistema pode ser desmontado. Além disso, para detectar e acompanhar os alvos foi desenvolvido um sistema de radar complementar. Este sistema de laser chinês é o primeiro deste tipo no mundo.

    Mais:

    China lança à água novo destróier de produção própria (FOTOS)
    China apoia roteiro da Rússia para solução da situação norte-coreana
    Tags:
    drone, inovação, arma a laser, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik