21:24 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Homem vê a notícia mostrando imagens de arquivo do lançamento de mísseis da Coreia do Norte em uma estação ferroviária em Seul, em 12 de fevereiro de 2017. Nesse dia, a Coreia do Norte disparou um míssil balístico, em aparente provocação para testar a resposta do novo presidente Donald Trump, disse o Ministério da Defesa sul-coreano

    Tóquio: 'Lançamentos de mísseis pela Coreia do Norte não ameaçaram segurança do Japão'

    © AFP 2019 / JUNG Yeon-Je
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)
    0 20
    Nos siga no

    O ministro japonês das Relações Exteriores, Fumio Kishida, disse na quinta-feira que os últimos lançamentos de mísseis da Coreia do Norte não representaram qualquer ameaça para o Japão.

    O novo lançamento da Coreia do Norte sobre o que se suspeita de ser vários mísseis de cruzeiro de curto alcance não representou uma ameaça para o Japão, disse o ministro das Relações Exteriores, Fumio Kishida, a jornalistas.

    "Nada foi detectado que poderia ter imediatamente ameaçado a segurança do Japão", disse Kishida, acrescentando que "tais ações provocativas são inaceitáveis".

    O ministro disse que o Japão estava coordenando suas ações com os Estados Unidos e a Coreia do Sul, grupo que relatou o lançamento no início da quinta-feira.

    O exército sul-coreano disse que os projéteis, supostos mísseis terrestres, foram disparados de uma área perto da cidade leste de Wonsan. Eles viajaram 125 milhas antes de cair no Mar do Japão (também conhecido como Mar do Leste), fora da zona econômica exclusiva japonesa.

    A agência de notícias do sul, Yonhap, disse que o presidente Moon Jae-in foi informado sobre o lançamento. Os militares da Coreia do Sul e dos EUA estão investigando o incidente.

    Este seria o quarto teste de mísseis pelo Norte em um mês. Pyongyang testou vários mísseis balísticos este ano como parte de sua tentativa de desenvolver uma capacidade para entregar uma ogiva nuclear para o continente americano. O secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, disse no último fim de semana que a busca de armas nucleares do regime havia acelerado nos últimos meses

    Tema:
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)

    Mais:

    Coreia do Norte diz que irá desenvolver programa nuclear 'sem demoras'
    EUA admitem que os mísseis da Coreia do Norte podem atingir território norte-americano
    Alô, Coreia do Norte: EUA dizem ter 'capacidade demonstrada' de defesa contra mísseis
    Tags:
    Ministério das Relações Exteriores do Japão, Yonhap, Moon Jae-in, James Mattis, Fumio Kishida, Wonsan, Mar do Leste, Estados Unidos, Pyongyang, Mar do Japão, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar