00:15 20 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1165
    Nos siga no

    Segundo o Serviço de Segurança japonês, os quatro navios da guarda costeira da China entraram em fila nas águas de controle do Japão. Neste exato momento, eles se encontram no mar territorial.

    A unidade em questão realizava funções informacionais. A alteração das tarefas da unidade chinesa aumenta a inquietação do Japão, comunica o NHK

    As ilhas de Senkaku (Diaoyu, em chinês) são objeto de disputa territorial entre China e Japão desde o início da década de 70. O Japão sustenta que ocupa as ilhas desde 1895 e que elas não pertenceram a ninguém até então. A China insiste que elas fazem parte do Império Chinês já há 600 anos. Depois da Segunda Guerra Mundial, as ilhas passaram a ser controladas pelos EUA, sendo transferidas ao Japão em 1972, juntamente com a ilha de Okinawa. Taiwan e China continental acreditam que Japão detém as Ilhas ilegalmente.

    ​A disputa territorial se intensificou em 2012, quando o governo japonês anunciou a nacionalização das ilhas. A China foi cercada de manifestações antijaponesas, e os líderes do país expressaram vontade de usar todos os meios para proteger a integridade territorial e soberania da China nas ilhas.

    Mais:

    Tensões a mil: China se opõe ao Japão pela mobilização de navios no mar do Sul da China
    Japão pretende enviar maior navio de guerra para o mar do Sul da China
    Tags:
    Japão, China, tensão, disputa, navios, guarda costeira, ilhas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar