23:18 22 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un durante parada militar dedicada ao 105 aniversário do seu avô, Kim Il-sung, Pyongyang,  15 de abril de 2017

    Coreia do Norte: EUA e Coreia do Sul tentaram assassinar Kim Jong-un

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)
    33297

    A Coreia do Norte afirmou que a CIA norte-americana e o serviço secreto sul-coreano tentaram assassinar o líder norte-coreano Kim Jong-un através de uma substância bioquímica, informou a agência chinesa Xinhua, citando a Agência Central de Notícias da Coreia.

    Pyongyang ameaçou lançar um ataque antiterrorista contras as agências de inteligência.

    Segundo o país, um grupo terrorista teria se infiltrado na Coreia do Norte. 

    "Vamos encontrar e eliminar sem piedade todos os terroristas da CIA norte-americana e do serviço nacional de inteligência sul-coreano que ameaçam à dignidade do líder supremo da República Popular Democrática da Coreia", advertiu Pyongyang.

    As tensões entre Washington e Pyongyang aumentaram depois de Trump prometer em janeiro não deixar Coreia do Norte desenvolver uma arma nuclear capaz de atingir os EUA. Por sua vez, as autoridades norte-coreanas qualificam as ações dos EUA, incluindo o reforço da presença militar na região, como "intimidação e chantagem".

    Tema:
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)

    Mais:

    Congresso dos EUA autoriza novas sanções contra a Coreia do Norte
    Conseguirá Trump forçar Coreia do Sul a pagar pelo THAAD?
    Recusa de Kim Jong-un de negociar com Trump pode dar luz verde aos EUA
    Tags:
    assassinado, CIA, Kim Jong-un, Coreia do Sul, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik