07:55 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente filipino Rodrigo Duterte proferindo discurso numa conferência de impensa em Davao

    Duterte: Kim Jong-un quer acabar com o mundo

    © REUTERS/ Russia Picture Service
    Ásia e Oceania
    URL curta
    431415

    O presidente filipino, Rodrigo Duterte, apelou aos EUA para que sejam mais comedidos em relação à Coreia do Norte, porque Kim Jong-un "quer acabar com o mundo".

    Duterte se mostrou preocupado com o futuro do Sudeste Asiático em caso de uma guerra na península da Coreia.

    "É melhor que os EUA sejam mais comedidos", declarou Duterte falando dos resultados da cúpula da ASEAN realizada nas Filipinas.

    O líder filipino destacou que está esperando um telefonema de Donald Trump. O fragmento do discurso foi publicado no site da CNN Filipinas.

    "Esse rapaz [Kim Jong-un] simplesmente quer acabar com mundo, por isso ele está feliz, ele sempre sorri. Mas ele quer mesmo acabar com tudo", destacou o presidente filipino.

    Mais cedo hoje (29), a Coreia do Norte realizou mais um lançamento de um míssil balístico. O teste fracassou. O míssil foi lançado da base aérea de Pukchang, ao norte de Pyongyang, por volta das 5h30 da manhã, hora local, e teria sobrevoado de 30 a 50 quilômetros, sem ter atingido o mar do Japão.

    Mais:

    Sistema russo de defesa antimíssil está em alerta máximo após teste da Coreia do Norte
    Rex Tillerson: EUA estão prontos para negociações diretas com Coreia do Norte
    Сhega de xingamentos? Duterte acorda em realizar exercícios conjuntos com EUA
    Tags:
    relações internacionais, Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), Kim Jong-un, Donald Trump, Rodrigo Duterte, EUA, Coreia do Norte, Filipinas, Sudeste Asiático
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik