10:05 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    USS CVN-70 Carl Vinson

    EUA reconhecem que seu porta-aviões ainda está longe da costa coreana

    © AFP 2017/ PARK JI-HWAN
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)
    1173

    Na terça-feira (18), os militares dos EUA confirmaram que seu porta-aviões Carl Vinson ainda se encontra afastado da costa da península Coreana.

    Na semana passada, o presidente norte-americano, Donald Trump declarou que o porta-aviões se dirigia para a zona da península Coreana.

    Anteriormente tinha sido informado que o grupo aeronaval da Marinha norte-americana chefiado pelo porta-aviões USS Carl Vinson navegava em direção à parte ocidental do oceano Pacífico para garantir a presença norte-americana nas águas da península da Coreia.

    Segundo as informações da Defense News, atualmente o Carl Vinson está perto da Austrália, a 5.600 mil quilômetros da península Coreana.

    Entretanto, um alto representante da Administração Trump declarou ao Wall Street Jornal que a Casa Branca recebeu dados incorretos do Pentágono sobre a localização do porta-aviões. Além disso, outro funcionário da Administração declarou que o Pentágono divulgou informação errada, o que só se soube na terça-feira (18)

    Ao mesmo tempo, a agência sul-coreana Yonhap informou, citando uma fonte no governo de Seul, que EUA planejam enviar mais três porta-aviões para a região costeira da península Coreana.

    Tema:
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)

    Mais:

    Porta-aviões dos EUA 'transportadores da paz': Coreia do Norte deve se preparar para quê?
    Navios da Rússia e China escoltam porta-aviões americano no mar da China Oriental
    EUA enviam 3 porta-aviões para a costa sul-coreana
    Míssil russo Tsirkon, 'assassino de porta-aviões', não tem igual no arsenal americano
    Tags:
    erro, porta-aviões, USS Carl Vinson, Marinha dos EUA, Casa Branca, Pentágono, Donald Trump, Península Coreana, Oceano Pacífico, Austrália, Seul, Coreia do Sul, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik