15:39 10 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    8213
    Nos siga no

    As autoridades do Camboja se recusam a participar dos treinamentos militares anuais, realizados juntamente com os EUA, mesmo depois do início dos preparativos, comunica a AP.

    O representante do Ministério da Defesa, general Chhum Socheath, disse que o exército do Camboja está impossibilitado de participar apropriadamente dos treinamentos Angkor Sentiel devido a dois eventos que estão planejados para o ano de 2017.

    Trata-se das eleições locais, que serão realizadas em junho, e da campanha contra os crimes ligados ao o tráfico ilegal de drogas. Por isso as autoridades do país decidiram não participar dos treinamentos, comunica a agência Associated Press (AP).

    O representante da embaixada dos EUA no Camboja, Jay Raman, confirmou que os exercícios militares não serão realizados em 2017 e 2018, acrescentando também que a decisão do país cambojano não causará consequências na cooperação entre os países.

    Mais:

    Japão tenta contrabalançar EUA e China na região Ásia-Pacífico?
    Rússia e EUA condenados a cooperar na região da Ásia-Pacífico
    Tags:
    eventos, treinamento militar, participação, campanha, eleições, Ministério da Defesa, Camboja, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar