07:20 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    13711
    Nos siga no

    Ash Carter expressou preocupação após ex-diplomata norte-coreano revelar planos de Kim Jong-un em finalizar mísseis intercontinentais até o fim do ano.

    As capacidades de armas nucleares da Coréia do Norte e os programas de defesa contra mísseis balísticos constituem uma "séria ameaça" para os Estados Unidos, afirmou o secretário de Defesa, Ash Carter nesta tarde.

    Carter disse ainda que os EUA estão preparados para frustrar o lançamento ou o teste de mísseis norte-coreanos se eles "estiverem vindo para nosso território ou para o território de nossos amigos e aliados".

    As declarações foram dadas durante entrevista à rede de televisão NBC.

    Alerta

    A fala de Ash Carter repercute uma entrevista do ex-diplomata norte-coreano Thae Yong-ho à agência de notícias Yonhap. Segundo Thae, o regime norte-coreano quer concluir a criação de mísseis capazes de atingir os EUA e reduzir o tamanho de ogivas nucleares para poder instalá-las em todos os eles. O prazo para a tarefa seria até o final deste ano ou início de 2018.

    Mais:

    Trump diz que não permitirá que Coreia do Norte desenvolva armas nucleares
    Coreia do Norte: 2017 é ano favorável ao crescimento de arsenal nuclear
    Coreia do Norte quer se tornar potência nuclear
    Cientistas: Coreia do Norte afinal não realizou testes nucleares em 2010
    Tags:
    NBC, Yonhap, Ash Carter, Thae Yong-ho, Estados Unidos, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar