12:47 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Destróier USS John S. McCain, da Marinha dos Estados Unidos

    Marinha dos EUA volta ao Vietnã após 40 anos

    © AP Photo/ Bullit Marquez
    Ásia e Oceania
    URL curta
    38623

    Em meio a fortes tensões no mar do Sul da China, dois navios da Marinha dos Estados Unidos aportaram na costa do Vietnã pela primeira vez desde o fim da guerra entre os dois países, em 1975.

    No último domingo, o destróier USS John S. McCain, batizado em homenagem ao pai e ao avô do senador John Sidney McCain III, e o submarino USS Frank Cable fizeram uma visita histórica ao porto da baía de Cam Ranh, na província de Khanh Hoa, perto das polêmicas águas disputadas por China, Vietnã e outros países da região, marcando uma nova etapa nas relações entre Hanói e Washington. 

    "As visitas desses navios ao terminal internacional da baía de Cam Ranh e ao porto naval de Da Nang, assim como uma série de exercícios com a Marinha vietnamita, são uma evidência da crescente relação estratégica entre os Estados Unidos e o Vietnã", afirmou o congressista McCain através de um comunicado oficial. "Estou confiante de que nossas nações continuarão trabalhando juntas para fortalecer o comércio marítimo aberto e manter um balanço de poder que favoreça as ordens, baseadas em regras, que sustentam nossa segurança e prosperidade compartilhadas". 

    As duas embarcações deixaram o porto vietnamita nesta terça-feira. 

    Mais:

    Moscou se junta a Pequim em jogos de guerra no Mar do Sul da China
    Presidente filipino busca 'aterrissagem segura' na disputa sobre o mar do Sul da China
    Tour de Obama na Ásia terá reunião com Erdogan e conversas sobre Mar do Sul da China e TPP
    Tags:
    USS Frank Cable, USS John S. McCain, John McCain, Mar do Sul da China, Khanh Hoa, Cam Ranh, Da Nang, Washington, Hanói, China, Vietnã, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik