03:26 19 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo enfrenta pandemia no fim de abril de 2021 (77)
    0 60
    Nos siga no

    O chanceler da Argentina, Felipe Solá, se reuniu com o embaixador de Cuba, Pedro Pablo Prada, para discutir a possibilidade do governo de Alberto Fernández financiar a produção de vacinas contra COVID-19 na ilha.

    Durante o encontro, que ocorreu no Ministério das Relações Exteriores da Argentina, as autoridades discutiram a crise e os desafios impostos pela pandemia, bem como a necessidade de avançar projetos que facilitem o acesso às vacinas contra o coronavírus, informou a chancelaria em nota.

    O chanceler e o embaixador também discutiram outro insumo da tecnologia cubana: um medicamento para uso nasal que impede a entrada de vírus na mucosa.

    "A Argentina também tem interesse nesta droga. Pode ser fácil de usar para aquelas pessoas que são obrigadas a circular", disse Solá.

    ​Com o embaixador de Cuba, Pedro Pablo Prada, conversamos sobre a proposta argentina de financiar uma maior aceleração na produção das vacinas cubanas e sobre um fármaco nasal que impede a entrada do vírus pelas mucosas. Estamos trabalhando estes temas com a ministra Vizzotti. 

    Além disso, a diplomacia argentina informou que a ministra da Saúde, Carla Vizzotti, está em contato com os desenvolvedores das vacinas e do medicamento cubano, trocando informações científicas para avançar na cooperação entre os dois países.

    Tema:
    Mundo enfrenta pandemia no fim de abril de 2021 (77)

    Mais:

    Enfrentando novo surto, Cuba registra recorde diário de casos de COVID-19
    Soberana: Cuba confirma início de testes de fase 3 de vacina contra COVID-19 feita na Ilha
    Com 5 vacinas na bagagem, Cuba pode assumir vanguarda na América Latina contra COVID-19
    Tags:
    Argentina, Cuba, COVID-19, novo coronavírus, pandemia, medicamento
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar