10:41 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    152
    Nos siga no

    Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, afirmou que a Colômbia, em aliança com o Comando Sul dos EUA, busca criar um conflito militar entre os dois países vizinhos.

    Maduro alertou a Força Armada Bolivariana para agir com cuidado na operação que está realizando na fronteira com a Colômbia.

    "A esta hora, o Comando Sul e o governo colombiano devem estar preparando ações de retaliação contra as unidades militares nessa região [...] Muito cuidado para não cair em provocações ou criar provocações, pois eles querem escalar para um conflito militar entre as forças colombianas e venezuelanas", advertiu o líder da Venezuela, citado pela agência de notícias EFE.

    "Eles querem intensificar um forte ataque à unidade militar, um massacre contra a nossa Força Armada [que provoque] uma resposta enérgica e comece então um confronto direto entre as forças militares da Colômbia e as forças da Venezuela", acrescentou Maduro.

    Militares das Forças Armadas da Venezuela
    © REUTERS / Carlos Garcia Rawlins
    Militares das Forças Armadas da Venezuela

    O ministro venezuelano da Defesa, Vladimir Padrino López, disse que grupos armados irregulares colombianos estão envolvidos em "narcotráfico, extorsão, sequestro, tráfico de pessoas, exploração sexual de meninas e adolescentes, contrabando e mineração ilegal, entre outros crimes" e operam em território venezuelano com o apoio do presidente colombiano Iván Duque e do Comando Sul dos EUA.

    Desde 21 de março, no estado venezuelano de Apure, que faz fronteira com a Colômbia, têm se registado confrontos entre forças militares da Venezuela e grupos irregulares colombianos. Os militares venezuelanos eliminaram seis criminosos, dois militares, tendo 39 pessoas suspeitas sido detidas.

    Nicolás Maduro ordenou o envio de todas as forças especiais para dar resposta à situação preocupante que tem se registrado em Apure e tem provocado grande tensão entre os residentes da fronteira.

    Mais:

    Chanceler venezuelano denuncia Colômbia após ataque a menores de idade
    Dois militares venezuelanos mortos e vários feridos em confronto armado na fronteira com Colômbia
    Chanceler venezuelano acusa Bogotá de proteger rebeldes colombianos na fronteira com a Venezuela
    Tags:
    Iván Duque, tensão militar, EUA, Nicolás Maduro, grupos armados, Colômbia, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar