00:27 24 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    COVID-19 no mundo no final de março de 2021 (98)
    281
    Nos siga no

    A vacina contra a COVID-19 da AstraZeneca é provavelmente muito boa, mas um conselho de revisão independente estava preocupado com a forma como a farmacêutica apresentou os dados esta semana.

    "Esta provavelmente é uma vacina muito boa", disse nesta terça-feira (23) Anthony Fauci, conselheiro médico para COVID-19 do presidente dos Estados Unidos Joe Biden e diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, em declarações ao programa Good Morning America da ABC News.

    Mas o comitê de monitoramento de dados e segurança "ficou preocupado" com o fato de que os dados do comunicado público da AstraZeneca "estavam um tanto desatualizados e podem, na verdade, ser um pouco enganosos", acrescentou Fauci.

    ​Na segunda-feira (22), a farmacêutica informou que estudos realizados em EUA, Chile e Peru mostraram que a vacina, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford, possui uma eficácia de 79% na prevenção de casos sintomáticos da COVID-19, e de 100% nos casos severos ou críticos e em hospitalizações.

    A farmacêutica também sinalizou que a comissão independente não detectou maior risco de trombose em pessoas inoculadas com sua vacina contra a doença causada pelo novo coronavírus.

    Tema:
    COVID-19 no mundo no final de março de 2021 (98)

    Mais:

    AstraZeneca: cientistas alemães afirmam que já sabem como tratar coágulos desencadeados pela vacina
    AstraZeneca: comissão independente não detecta maior risco de trombose em vacinados
    AstraZeneca teria fornecido dados incompletos sobre eficácia da vacina, diz instituto dos EUA
    Tags:
    COVID-19, novo coronavírus, pandemia, saúde, governo, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar