22:49 25 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    5313
    Nos siga no

    A inteligência norte-americana está realizando uma revisão, tratada como prioritária pelo presidente Joe Biden, das supostas atividades "adversárias" russas, segundo a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki.

    "Esta [avaliação] está em andamento [...] É uma prioridade, evidentemente, queremos que esta revisão seja concluída. Como sempre acontece, o presidente tem o direito de responder no momento e da forma que desejar. Não vou descartar nenhuma das opções na mesa", afirmou Psaki.

    A iniciativa revelada pela Casa Branca na semana passada consiste em uma avaliação completa da suposta participação russa no ataque cibernético contra a empresa SolarWinds, nas eleições norte-americanas e no suposto envenenamento do ativista de oposição russo Aleksei Navalny, entre outros.

    Joe Biden, presidente dos EUA, fala durante evento na Casa Branca em Washington, EUA, 22 de janeiro de 2021
    © REUTERS / Jonathan Ernst
    Joe Biden, presidente dos EUA, fala durante evento na Casa Branca em Washington, EUA, 22 de janeiro de 2021

    Ao ser questionada sobre uma possível conversa telefônica entre Joe Biden e Vladimir Putin, Psaki afirmou não "ter telefonemas para anunciar no momento".

    Psaki também reiterou um chamado às autoridades russas para que liberem Navalny e todos os detidos durante os protestos não autorizados da oposição.

    No dia 23 de janeiro, em diversas cidades da Rússia foram realizados protestos não autorizados em apoio a Navalny, detido há poucos dias em Moscou após regressar da Alemanha.

    O opositor permanecerá detido durante 30 dias por violar seus termos de liberdade condicional, referentes a uma condenação anterior por desvio de dinheiro.

    Mais:

    Projeto revolucionário do porta-aviões russo Varan ganha atenção de mídia dos EUA (FOTO)
    Nomeada para chefiar Tesouro dos EUA quer que administração Biden pegue pesado com Rússia
    Força Aérea dos EUA identifica e rastreia aviões russos Tu-142 no Alasca
    Tags:
    Inteligência Nacional dos EUA, agências de inteligência, inteligência militar, inteligência, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar