18:07 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo enfrenta COVID-19 em meados de outubro (78)
    121
    Nos siga no

    "Embora tenhamos feito muito progresso, os números ainda não são aceitáveis", disse Andrew Cuomo, governador do estado.

    O estado de Nova York registrou nesta quarta-feira (21) mais de dois mil novos casos de COVID-19 pela primeira vez desde maio. As informações foram divulgadas por Andrew Cuomo em postagem em uma rede social.

    Atualização de hoje (21) sobre os números: dos 124.789 testes informados ontem (20), 2.026 deram positivo (1,62% do total). O total de hospitalizações é de 950. Infelizmente, houve sete mortes por COVID-19 ontem (20).

    Dos quase 125 mil testes conduzidos em todo o estado na terça-feira (20), 1,6% foram positivos, disse o governador durante uma entrevista coletiva em Albany.

    Andrew Cuomo enfatizou também a importância, como medida preventiva, da classificação por cores nas áreas do estado. A taxa de resultados positivos do último teste nas áreas chamadas de "Zona Vermelha" foi de 6,61%. Excluindo essas regiões, o índice cai para 1,42%.

    O governador fez um alerta à população e disse que Nova York também precisa se concentrar no aumento de casos ao longo da fronteira com a Pensilvânia.

    Tema:
    Mundo enfrenta COVID-19 em meados de outubro (78)

    Mais:

    Nova York anuncia toque de recolher devido aos protestos contra o racismo
    'Nova York está totalmente fora de controle': Trump apela à polícia para 'realizar sua magia'
    Governador de Nova York pede para Trump deixar de ser 'coconspirador' da COVID-19
    Tags:
    pandemia, casos, Andrew Cuomo, COVID-19, Nova York
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar