05:08 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    4131
    Nos siga no

    A juíza mais antiga da Suprema Corte dos Estados Unidos, Ruth Bader Ginsburg, morreu nesta sexta-feira (18), aos 87 anos, por complicações de um câncer no pâncreas.

    Em um comunicado, a Suprema Corte dos EUA informou que Ginsburg foi diagnosticada com a doença no ano passado.

    A morte de Ginsburg acirra ainda mais a disputa eleitoral estadunidense ao dar a Donald Trump a terceira indicação de seu mandato e ampliar a maioria conservadora do tribunal.

    Em 1999, a juíza que pertencia à ala liberal já havia sido submetida ao tratamento de um câncer no cólon.

    A juíza Ginsburg nasceu no Brooklyn, em Nova York, no dia 15 de março de 1933. Ela foi a segunda mulher indicada para a Corte e ocupou o cargo por mais de 27 anos. Ela deixa dois filhos, quatro netos e uma bisneta.

    Mais:

    Com críticas a Trump, pela 1ª vez em 175 anos revista Scientific American apoia candidato nos EUA
    Senado dos EUA confirma Kavanaugh na Suprema Corte
    Pela 1ª vez, Suprema Corte dos EUA transmite sessão por rádio e televisão
    Tags:
    juíza, morte, Ruth Bader Ginsburg, Suprema Corte dos EUA, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar