06:22 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    7185
    Nos siga no

    O presidente da Argentina, Alberto Fernández, respondeu ao deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que tinha afirmado que "a Argentina virou uma calamidade" e que "o país foi destruído pelo governo socialista" de Fernández.

    Eduardo Bolsonaro foi ao Twitter e postou um vídeo nesta quarta-feira (2) que mostra cinco depoimentos de empresários argentinos que tiveram os seus negócios prejudicados durante a pandemia da COVID-19.

    Eduardo escreveu que seu pai, Jair Bolsonaro, "acertou quando previu que a situação na Argentina viraria uma calamidade".

    ​Em resposta ao vídeo de Eduardo, Alberto Fernández disse ao canal de televisão argentino Todo Notícias que não conhece a família Bolsonaro, mas que "a relação entre a Argentina e o Brasil é indissolúvel".

    "A família Bolsonaro está muito preocupada comigo e com a Argentina. Não sei. Teria que entrevistar a família Bolsonaro. Não posso dizer muito sobre o que esse senhor disse", respondeu.

    Mais:

    Argentina continuará em quarentena ao menos até 20 de setembro
    Acordo Mercosul-UE enfrenta resistência externa e dúvidas entre Brasil e Argentina, diz professora
    Analistas: Brasil perde espaço na Argentina para China e dificilmente o recuperará no curto prazo
    Alvo de Bolsonaro, Fernández faz 1 mês de gestão e adota tom ameno na Argentina, diz analista
    Boa relação entre Bolsonaro e Fernández é essencial ao Mercosul, diz diplomata paraguaio
    Fernández preferiu ver derrota de seu time de futebol a ver Bolsonaro no Uruguai, diz mídia (FOTO)
    Tags:
    COVID-19, América do Sul, Eduardo Bolsonaro, Alberto Fernández, Brasil, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar