07:15 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    330
    Nos siga no

    Uma juíza dos Estados Unidos marcou o julgamento de Steve Bannon, ex-assessor de Donald Trump, e três outras pessoas para maio de 2021.

    A decisão foi tomada nesta segunda-feira (31) pela juíza Analisa Torres, de Manhattan, que pediu aos réus e seus advogados para não fazerem comunicados públicos que poderiam prejudicar a imparcialidade dos jurados ou a legitimidade do julgamento.

    O grupo liderado por Bannon é acusado de fraudar doadores com um suposto projeto para construir o muro prometido pelo presidente Donald Trump na fronteira com o México. As informações foram publicadas pela agência Reuters.

    A campanha "We Build the Wall" arrecadou US$ 25 milhões (R$ 137,3 milhões) que, segundo a acusação, foram usados para cobrir despesas pessoais dos réus.

    Steve Bannon foi preso no dia 20 de agosto, mas foi solto após pagar fiança e está respondendo ao processo em liberdade. Ele foi um dos principais conselheiros da campanha presidencial de Trump e mais tarde foi nomeado estrategista-chefe da Casa Branca.

    Mais:

    Ligado a Bannon, amigo de Flávio Bolsonaro pode ganhar cargo no Itamaraty, diz jornal
    Ex-conselheiro de Trump, Steve Bannon, é preso por fraude
    Eu me sinto muito mal, diz Trump sobre prisão de Steve Bannon
    Tags:
    corrupção, desvios, julgamento, preso, Steve Bannon, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar