05:10 31 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 81
    Nos siga no

    A candidata do Partido Libertário nas eleições presidenciais de 2020 nos EUA, Jo Marie Jorgensen, anunciou que não compareceria a um comício programado para este sábado (8) devido a uma mordida de morcego.

    "Não poderei comparecer ao comício de campanha amanhã de manhã [8]. Vou tomar a vacina contra a raiva como medida de precaução depois de ter sido mordida por um morcego perto do início da campanha", explicou a professora titular de psicologia da Universidade de Clemson, na Carolina do Sul.

    ​Não poderei comparecer ao comício de campanha amanhã de manhã. Como precaução, vou tomar a vacina contra a raiva, depois de ser mordida por um morcego perto do início da turnê de campanha! Tenho total intenção de participar da marcha FLAME e farei comentários em...

    O incidente com o morcego não foi grave mas seus comentários acabaram viralizando na rede.

    ​Eu não sou o Batman.

    A candidata não forneceu detalhes sobre as circunstâncias do incidente com o mamífero, mas explicou que se trata de um "morcego da Carolina do Sul", e não da espécie chinesa, como diversos internautas afirmaram.

    De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, há animais com raiva em todos os estados dos EUA, com exceção do Havaí.

    Jorgensen pretendia percorrer os estados de Mississípi e Louisiana durante o final de semana. Apesar do contratempo com o morcego, a candidata prometeu comparecer aos próximos eventos de sua agenda.

    Mais:

    Portugal cataloga nova espécie de morcego antes encontrada em apenas 2 países (FOTO)
    Impeachment seria 'interferência massiva' nas eleições dos EUA, diz defesa de Trump
    Conversas vazadas entre Poroshenko e Joe Biden podem 'dar jeito' a Donald Trump nas eleições nos EUA
    Tags:
    candidata, eleição, EUA, homem morcego, morcego
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar