14:52 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Situação em torno da pandemia de COVID-19 no fim de abril (140)
    768
    Nos siga no

    A missão chinesa ante a Organização das Nações Unidas (ONU) entregou a Nova York equipamentos médicos para combater a pandemia.

    Em tweet, a missão chinesa comunicou a doação, especificando a quantidade de itens doados.

    ​Missão permanente da China ante as Nações Unidas a o Consulado-Geral da China em Nova York doaram 25.000 máscaras N95, 2.000 macacões de proteção e 75.000 luvas cirúrgicas para a cidade de Nova York. Esperamos que os suplementos médicos ajudem a cidade a vencer a batalha contra COVID-19.

    Segundo o último balanço da Universidade Johns Hopkins (EUA), nos EUA foram detectados mais de 825 mil casos de infecções pelo coronavírus, e mais de 45 mil mortes. O estado de Nova York é o mais afetado dos EUA.

    Desde 11 de março, a Organização Mundial de Saúde (OMS) qualificou como pandemia a doença COVID-19 causada pelo coronavírus.

    Globalmente, foram registrados mais de 2,5 milhões de casos de infecções pelo novo coronavírus, incluindo mais de 178 mil óbitos. Em um esforço para combater a proliferação do vírus, o governo e empresas chineses têm ativamente realizado doações de materiais médicos para diversos países.

    Tema:
    Situação em torno da pandemia de COVID-19 no fim de abril (140)

    Mais:

    Autoridade de saúde dos EUA prevê 2ª onda de coronavírus ainda mais devastadora
    'Coalizão' anti-China: quem apoia os Estados Unidos nas acusações contra Pequim?
    Imunologista prevê possível futuro do coronavírus com cura da COVID-19
    Tags:
    máscara, Nova York, China, EUA, COVID-19, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar