10:58 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    12101
    Nos siga no

    Os Estados Unidos estão aproveitando a crise causada pelo novo coronavírus para continuar pressionando o governo de Nicolás Maduro, disse o senador paraguaio Hugo Richer à Sputnik nesta terça-feira.

    "Os EUA estão aproveitando a situação do coronavírus para pressionar o governo Maduro. Neste caso, estão aproveitando a conjuntura da pandemia, a situação econômica, social e o preço do petróleo, que está entrando em colapso, para fazer um novo ataque. Não há nenhuma dúvida de que essa seja a face mais sem alma da política externa dos EUA", afirmou. 

    ​Nesta terça-feira, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, disse que seu país proporá a criação de um governo interino na Venezuela e a realização de novas eleições no próximo ano, mantendo a pressão econômica sobre a administração de Nicolás Maduro a fim de favorecer uma genuína transição democrática.

    Para Richer, que foi ministro de Ação Social do governo de Fernando Lugo (2008-2012), tal atitude dos Estados Unidos é praticamente a mesma de "sempre". Segundo ele, desde a época do presidente Hugo Chávez (1999-2013), os governos norte-americanos conspiram para derrubar o poder executivo da Venezuela.

    "Ultimamente, já fazem isso abertamente. Sabemos o que está por trás disso como principal motivação: os EUA têm uma necessidade urgente, imperiosa, de se apropriar de recursos naturais, e com mais razão nesta crise, onde há um profundo declínio e crise do modelo neoliberal."

    Mais:

    Maduro: Venezuela espera 2º avião da Rússia com suprimentos para ajudar a lutar contra COVID-19
    Coronavírus: China envia à Venezuela especialistas na contenção da pandemia
    'Fúria bolivariana tem seus planos': Maduro responde às ameaças dos EUA contra Venezuela
    Tags:
    América do Sul, Fernando Lugo, Paraguai, Caracas, Estados Unidos, EUA, Venezuela, Nicolás Maduro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar