11:38 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    637
    Nos siga no

    O Supremo Tribunal Eleitoral da Bolívia anunciou neste sábado (21) a suspensão por tempo indeterminado das eleições presidenciais marcadas para o dia 3 de maio por conta da pandemia do novo coronavírus.

    "O Supremo Tribunal Eleitoral decide, primeiro e excepcionalmente, a suspensão do calendário e do cronograma eleitoral por um período de 14 dias, a partir de zero horas no domingo, 22 de março", disse ele em nota.

    O presidente do Supremo Tribunal Eleitoral, Salvador Romero, indicou que a nova data dos comícios deve ser definida "com apoio técnico" e "deve ter avaliações científicas a partir de estimativas sérias da evolução da pandemia".

    "A nova data da eleição deve ser escolhida sem viés a favor ou contra qualquer organização ou candidatura política", acrescentou.

    Neste sábado, o governo da autoproclamada presidente interina, Jeanine Añez, declarou quarentena total, que entrará em vigor a partir deste domingo (22) e vai durar 14 dias, como uma medida extrema para combater a nova pandemia de coronavírus.

    Mais:

    'Passo atrás muito preocupante': governo de Áñez privatiza e empobrece Bolívia, diz ex-chanceler
    Coronavírus: Bolívia proíbe entrada de passageiros da China, Coreia do Sul, Itália e Espanha
    Bolívia mobiliza militares para impor quarentena contra coronavírus
    Tags:
    novo coronavírus, COVID-19, crise na Bolívia, Eleições na Bolívia, Bolívia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar