21:41 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    101227
    Nos siga no

    O Departamento do Tesouro dos EUA impôs sanções contra a empresa TNK, que foi adquirida pela russa Rosneft em 2017, por, segundo o órgão, participar do comércio de petróleo na Venezuela.

    Vários outras empresas fazem parte da lista de companhias punidas por Moscou para atingir a Venezuela. 

    Segundo um comunicado do Departamento de Tesouro, a TNK Trading International violou o embargo imposto pelos EUA à economia venezuelana e ao seu setor de petróleo. 

    Em seu informe, o órgão citou o fato da empresa ser "mais uma subsidiária" da gigante de setor de petróleo Rosneft a transportar petróleo da Venezuela. 

    "A TNK Trading International S.A. é mais uma subsidiária intermediando a venda e transporte de petróleo venezuelano, o que é sujeito a sanções", afirmou o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin. 

    Além disso, o funcionário disse que a administração de Donald Trump permanece comprometida em atingir empresas que apoiam a indústria petrolífera da Venezuela. 

    Anteriormente, os EUA impuseram sanções contra Rosneft Trading, outra subsidiária da companhia estatal russa

    Transportaram "grande quantidade" de petróleo venezuelano

    De acordo com o Departamento de Tesouro, as duas subsidiárias operaram uma "grande quantidade" de petróleo venezuelano exportado em 2019. 

    O comunicado disse ainda que as punições podem ser retiradas se as empresas pararem de trabalhar para o setor petrolífero da Venezuela até 20 de maio de 2020. 

    A Casa Branca iniciou sua política de sanções contra a Venezuela em 2018, com objetivo de derrubar do poder o presidente eleito Nicolás Maduro. 

    Além disso, os EUA apoiam o líder opositor Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino da Venezuela. 

    Mais:

    EUA e Colômbia estão preparando mercenários para 'desestabilizar' Venezuela, diz ministro da Defesa
    EUA cogitam sanções contra Rosneft por atuação na Venezuela, mas temem caos no mercado
    Venezuela realiza exercício militar surpresa para elevar plano de defesa (VÍDEO)
    EUA e Colômbia conduzem exercícios militares em região fronteiriça com Venezuela
    Venezuela rechaça sanções dos EUA contra companhia aérea do país
    Tags:
    Rosneft, Departamento do Tesouro dos EUA, Nicolas Maduro, embargo, sanções, petróleo, Donald Trump, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar