01:39 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    463
    Nos siga no

    O ex-presidente da Bolívia Evo Morales (2006-2019) disse nesta quinta-feira (30) que não descarta continuar na política como deputado ou senador.

    "No meu departamento, eles me pediram para ser candidato a deputado ou senador, estão discutindo isso, vai depender do departamento em que eu moro, que é Cochabamba", disse o presidente deposto em entrevista para a Rádio El Destape.

    Morales disse, no entanto, que "em algum momento" ele tomou a decisão de deixar a atividade política.

    "Meu plano era acabar com esse governo porque vencemos as eleições, chegamos a 25 [2025] e nos retiramos da política, mas agora eles me provocaram", disse Morales ao dizer que avalia voltar à política.

    De qualquer forma, Morales afirmou que não deseja assumir nenhum cargo caso o candidato presidencial do Movimento ao Socialismo (MAS) nas eleições nacionais o ex-Ministro da Economia, Luis Arce, ganhe o pleito.

    "Eu não gostaria de ser um funcionário de oito horas, sou muito livre, muito independente e uma autoridade eleita é livre", disse ele.

    Mais:

    Áñez enfrenta fogo amigo após anunciar candidatura nas eleições presidenciais da Bolívia
    Justiça eleitoral da Bolívia autoriza participação de partido de Evo nas eleições
    Ministro boliviano diz que pediu à Interpol prisão de Evo Morales
    Evo Morales promete criar 'milícias armadas' se voltar para Bolívia, segundo Reuters
    Tags:
    candidato, eleições, Bolívia, exílio de Evo Morales, Evo Morales
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar