00:07 09 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    19428
    Nos siga no

    O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, alertou nesta quarta-feira (22) os países da América Latina para que tomem cuidado com a China.

    O alerta de Pompeo especifica que o cuidado deve acontecer com o que chamou de "dinheiro fácil" chinês. O norte-americano sugeriu aos países latino-americanos escolhessem empresas dos EUA e ocidentais como parceiras de negócios, ao invés de parcerias com a China.

    "É tentador aceitar dinheiro fácil de lugares como a China, mas de que adianta alimentar a corrupção e prejudicar o seu estado de direito?", disse Pompeo durante uma visita à Jamaica.

    O norte-americano ainda acrescentou sua sugestão para substituir a opção chinesa:

    "Existe uma alternativa melhor [...] empresas ocidentais, empresas americanas operam de acordo com valores comprovados para produzir bons negócios e trabalho de qualidade", afirmou.

    Pompeo seguiu defendendo a parceria com empresas dos EUA afirmando que a realização de negócios com tais empresas garante contratos transparentes, respeito pelo Estado de Direito, práticas contábeis diretas e honestas e desejo sincero de parceria em prosperidade.

    "Podemos aumentar o crescimento de todas as nossas nações juntas", afirmou Pompeo.

    O secretário de Estado dos EUA está em uma viagem pela América Latina, que inclui paradas na Colômbia e na Costa Rica.

    Mais:

    5G da China é ferramenta para repressão, diz Mike Pompeo em Lisboa
    Pompeo acusa China de ter roubado segredos de defesa dos EUA
    Moscou comenta declarações de Pompeo sobre mudança de poder na Venezuela
    Pompeo: não há 'nenhuma evidência' que Maduro vá realizar eleições livres na Venezuela
    Tags:
    Colômbia, América Latina, Costa Rica, Jamaica, Mike Pompeo, Estados Unidos, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar