18:06 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    U.S. President Donald Trump during an unannounced visit to Bagram Air Base, Afghanistan

    EUA revelam principal tema da retomada da negociação com o Talibã

    © REUTERS / Tom Brenner
    Américas
    URL curta
    728
    Nos siga no

    Os Estados Unidos concentrarão seus esforços na redução da violência durante as negociações com Talibã, no Afeganistão.

    Caso sejam bem-sucedidas, as negociações, suspensas anteriormente, terão o escopo ampliado e passarão a a incluir um acordo de paz para o país devastado pela guerra, segundo afirmou à Sputnik nesta sexta-feira (29) um dos principais funcionários do governo dos EUA.

    “Como o presidente disse, estamos reiniciando as negociações com o Talibã. O foco será a redução da violência", afirmou o funcionário do governo. "Se um acordo puder ser alcançado, os dois lados poderão expandir as negociações e abrir caminho para a assinatura de um acordo de paz", acrescentou.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou a retomada das negociações com o movimento radical Talibã na quinta-feira (28), quando chegou ao Afeganistão em uma visita surpresa para cumprimentar as tropas norte-americanas e conhecer o presidente afegão, Ashraf Ghani.

    Trump disse que o Talibã quer um cessar-fogo e prometeu reduzir a presença militar dos EUA no país para 8,6 mil. Atualmente os EUA têm de cerca de 12 mil soldados no Afeganistão.

    Mais:

    Trump aparece de surpresa no Afeganistão e retoma negociação com Talibã
    Talibã diz que EUA 'vão sofrer como ninguém' após Trump largar negociações
    Talibã volta a ameaçar os EUA com 'guerra santa' após novo avanço no Afeganistão
    Tags:
    Talibã, Estados Unidos, Donald Trump, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar