21:48 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    593
    Nos siga no

    Segundo Barak Ravid, repórter do canal 13 de Israel, Trump negou ajuda financeira aos palestinos e disse que era Netanyahu quem tinha que pagá-la.

    O episódio teria ocorrido ainda no início deste ano, após funcionários da Casa Branca terem contado ao repórter que a administração Trump cortou uma ajuda de US$ 12 milhões (cerca de R$ 48 milhões) aos palestinos.

    Conforme publicou Barak Ravid no portal Axios, o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, teria insistido para que os EUA cessassem sua ajuda financeira a funcionários da Autoridade Palestina.

    Em compensação, o governo israelense teria proposto a Trump passar o dinheiro para Israel, enquanto este repassaria para aliados seus dentre as autoridades palestinas.

    Não satisfeito, Trump teria retrucado de uma maneira inesperada.

    "Se isso é importante para Netanyahu, então ele deveria pagar aos palestinos os US$ 12 milhões", teria dito Trump.

    Hoje (7) o caso repercutiu na mídia israelense, ao passo que a Casa Branca preferiu não comentar o suposto episódio.

    Preocupações de Israel

    Ainda segundo o repórter, o governo de Israel está preocupado com o financiamento de atividades terroristas por parte de militantes palestinos.

    Mais:

    Dentes pré-históricos são encontrados em Israel
    Trump diz que eliminação de al-Baghdadi foi 'passagem de ida para o inferno'
    Netanyahu: Israel não permitirá que Irã desenvolva armas nucleares
    Tags:
    militantes, ajuda financeira, Autoridade Palestina, israel, Benjamin Netanyahu, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar