15:09 15 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    131
    Nos siga no

    Um juiz federal do estado norte-americano do Oregon bloqueou temporariamente uma lei que exigiria que imigrantes provassem ter condições de pagar seguro de saúde nos Estados Unidos.

    A lei dava prazo de 30 dias após a chegada aos EUA para que se provasse ter dinheiro para pagar "custos médicos razoavelmente previsíveis".

    O juiz em questão, Michael Simon, concedeu a liminar impedindo que a regra entre em vigor em 3 de novembro.

    Pelo menos sete cidadãos dos EUA e uma organização de defesa entraram com uma ação para bloquear o projeto, argumentando que ele altera leis de imigração e assistência médica via decreto presidencial.

    Além disso, essas organizações e cidadãos afirmam que o projeto pode impedir que centenas de milhares de imigrantes em potencial entrem nos EUA, conforme publicado pela agência Reuters. 

    O presidente dos EUA, Donald Trump, através do decreto, afirma que seu objetivo é impedir que trabalhadores de saúde e contribuintes incorram em custos substanciais no pagamento de despesas médicas incorridas por pessoas que não possuem seguro médico ou a capacidade de pagar por sua saúde.

    Mais:

    Criança imigrante de 2 anos morre sob custódia dos EUA
    Trump diz que autoridade dos EUA vão começar a remover milhões de imigrantes indocumentados
    Prisão privada dos EUA é processada por morte de criança imigrante
    Governo dos EUA quer coletar DNA de imigrantes e incluir informação em banco de dados criminal
    Tags:
    Oregon, Estados Unidos, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar