04:38 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, durante uma reunião com os ministros no Palácio Miraflores, em Caracas

    Maduro confirma que mantém contatos com funcionários do governo Trump

    © REUTERS / Handout
    Américas
    URL curta
    490
    Nos siga no

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, reconheceu que mantém contatos durante meses com autoridades norte-americanas e disse que elas acontecem com sua autorização.

    "Confirmo que durante meses houve contatos de altos funcionários do governo dos Estados Unidos, Donald Trump e do Governo Bolivariano, que eu presido, sob minha expressa autorização direta; vários contatos [por] várias maneiras", disse Maduro em um pronunciamento em cadeia de rádio e televisão.

    "Estamos conversando com representantes de diferentes níveis [do governo] da Venezuela. Eu não quero dizer quem, mas estamos falando em um nível muito alto", disse Trump anteriormente.

    Na segunda-feira, a agência de noticias Associated Press escreveu que uma fonte do governo dos EUA não identificada disse que um emissário do governo norte-americano teria se encontrado com Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional Constituinte, para convencê-lo a trair Maduro.

    Desde 23 de janeiro, o governo dos EUA não reconhece Nicolás Maduro como o presidente da Venezuela. Em seu lugar, Washington apoia Juan Guaidó, que se autoproclamou como "presidente interino" do país caribenho.

    Mais:

    Maduro: Venezuela está preparada para superar bloqueio dos EUA
    Chefe do Comando Sul dos EUA diz que está preparado para conter Maduro
    Imprensa encaixa Venezuela na lista dos países que mais devem dinheiro à Rússia
    Washington estaria dialogando secretamente com Diosdado Cabello, número 2 da Venezuela
    Tags:
    Venezuela, Estados Unidos, Nicolás Maduro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar